Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


One small step for Man...one giant leap for Man Kind

por TM, em 29.07.06

O blog SB está totalmente renovado. Aproveitando as inovações nos blogs do sapo, o blog SB surge na vanguarda e volta a renovar-se sempre com o intuito de melhor servir quem o lê. Como dizia Neil Armstrong quando pisou a Lua, foi um pequeno passo para o Homem...mas um salto gigantesco para a Humanidade! Ou então não...

 

 Saudações Renovadas

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 15:18

Eu estou aqui...

por TM, em 24.07.06

Tu sabes quem és...

 

You can call me, I’ll be right there
You can call me, I’ll be right there
You can call me, I’ll be right there

Não tenho muito mas o pouco que tenho é teu
Se mais ninguém te ouvir tu sabes quem te ouve sou eu
E quando tiveres triste, com falta de um amigo
Fecha os olhos não temas porque eu vou estar aqui contigo
Eu sei que pensas muitas vezes que queres fugir
Eu sei que gritas e não tens ninguém para te acudir
Vida madrasta nada corre como a gente quer
Tens que enfrentar o destino para o que der e vier
Ao meu alcance faço tudo o que poder para ti
Peço desculpas pelos erros, sei que os cometi
Não vou julgar-te porque também eu posso ser réu
Não vou julgar-te porque tem te julga está no céu
Quero que saibas que podes contar com o meu amparo
Amizade pura é um sentimento cada vez mais raro
Conto contigo para fazeres o que faço por ti
E quando nada correr bem eu estou aqui

Se precisares de mim eu estou aqui
Quando quiseres falar eu estou aqui
Se te faltar um amigo eu estou aqui
Se precisares de alguém eu estou aqui
Se precisares de mim eu estou aqui
Quando quiseres falar eu estou aqui
Se te faltar um amigo eu estou aqui
Se precisares de alguém eu estou aqui

Tantas as coisas que juntos fizemos tu e eu
Custa a crer mas a verdade é que o tempo correu
Nem sempre é fácil ás vezes frases magoam
Sem deixar mágoas porque amigos são os que perdoam
É quando se vê quem é amigo de quem, no mal e no bem
Sentindo desdém rodeado de gente sem nunca ter ninguém
Alguém para falar, sempre pronto a escutar
A mão que se estende, a mão que te ajuda a levantar
Quem te corrige quando tu não sabes o que é certo
Quem te dá água quando te perdes nalgum deserto
Sempre por perto sempre pronto para chorar ou rir
Quem te conhece e sabes quando tu estás a mentir
Não sou perfeito mas sabes que sou sincero
Nunca te esqueças de mim aqui é tudo o que eu quero
E espero que nada nem ninguém nos faça separar
Conto contigo, comigo podes sempre contar...
Eu estou aqui

Se precisares de mim eu estou aqui
Quando quiseres falar eu estou aqui
Se te faltar um amigo eu estou aqui
Se precisares de alguém eu estou aqui

You can call me, I’ll be right there
You can call me, I’ll be right there


Saudações Amigas

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 00:20

O "flop" Azevedo

por TM, em 19.07.06
José Azevedo voltou ontem a desiludir na Volta a França! é um facto que não é a primeira vez, mas o que é certo é que provavelmente foi o "canto do cisne" para o português em termos de "Tour". Desde logo porque a idade não perdoa mas também porque Azevedo tem falhado em momentos cruciais. Em Portugal, pela sua ex-equipa, a Maia-Milaneza, Azevedo não ganhou qualquer Volta a Portugal e falhava consecutivamente na subida à Senhora da Graça e à Torre, provas rainhas da nossa Volta. Na Volta a França, excluíndo o excelente 5º lugar obtido já há alguns anos, pela equipa ONCE, "Ace" (como lhe chamava o "!monstro" Armstrong) somou insucessos. Desde a trágica queda do seu chefe de fila até ao acompanhamento a Lance Armstrong, Azevedo mostrou ser um bom número dois, capaz de ajudar o líder, mas pouco mais. Se na ajuda a Armstrong se pode dizer que cumpriu, pois Lance conquistou as duas Voltas, o que é certo é que nem sempre esteve perto do seu líder como este precisava. Houveram mesmo momentos em que a equipa, com Azevedo incluído, deixaram Lance sozinho contra os rivais, e só a enorme classe e força do norte-americano o conseguiram conduzir à vitória perante os seus inimigos.
Nós portugueses, sem mais nenhum ciclista português na Volta a França apostamos tudo em Azevedo, mas esquecemo-nos que este nunca foi homem de grandes resultados individuais. É um homem que trabalha para a equipa, e tem um enorme mérito por isso, mas pedir-lhe para ser chefe de fila da Discovery é muito, pois não tem capacidade suficiente para ganhar uma prova desta dificuldade. Para nós é uma pena que assim seja, mas é altura de encarar-mos a realidade. Azevedo vai terminar o "Tour" provavelmente no top 30 e dificilmente conseguirá melhor. Porque lhe retiraram aquilo em que ele é realmente bom. Ajudar o líder e levá-lo à vitória, apesar de também já o termos visto falhar em algumas ocasiões. Ora sem líder, José Azevedo deixou de poder ser quem é e retiraram-lhe o brilho que podia ter, não lhe deixando como chefe de fila atingir o brilho que não tem capacidade para alcançar.
Agora resta lutar por uma etapa, o que mesmo assim não me parece muito possível. Mas nós, portugueses, continuamos a puxar por ele! Porque apesar do "flop" continua a ser o único a levantar bem alto o orgulho de ser português na maior prova de ciclismo do Mundo!

Saudações Nacionais

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 14:53

Pág. 1/3



"What they did to me... What I am... Can't be undone!"


calendário

Julho 2006

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031