Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Injustiças Colaterais

por TM, em 13.11.13

Acho que nenhum de nós consegue estar minimamente perto de ter a exacta noção do quanto influenciamos a vida de outras pessoas. Sejam pessoas que nos são próximas e que impactamos através de exemplos, atitudes, comportamentos, quer sejam pessoas que mesmo não tendo uma ligação próxima connosco, são igualmente afectadas por uma incrível teia de conexões que faz com que o Mundo seja tão pequeno e que em tantos momentos sejamos surpreendidos em como a pessoa X conhece a pessoa Y, quando nunca pensamos que ambas tivessem uma relação comum.

Faço esta introdução prévia porque como pelos menos os poucos leitores habituais sabem, tenho um problema com injustiças. Mas como em muitas situações da nossa vida, algumas dessas injustiças não são controláveis, diria que são injustiças colaterais, no sentido em que me incomodam mas não tenho influência nas mesmas e ao mesmo tempo não posso evitá-las.

Quando confrontado com estas situações penso que não há muito a fazer senão alertar para o possível acto injusto e tentar convencer alguém a não o fazer. Mas claro, a beleza da Vida e do Mundo também está nas diferentes interpretações que cada um de nós tem e faz, e uma injustiça para mim pode ser uma situação normal ou até mesmo justa para outro. Porque o Mundo é visto pelos olhos de cada um e influenciado por inúmeros factores que levam cada ser humano a ter uma visão única e pessoal.

A pior parte de toda esta situação é quando aparentemente todos nos apercebemos de algo injusto mas... simplesmente deixamos acontecer e não fazemos nada para o impedir. Revolta-me! E faço os possíveis para travar essa injustiça. Porque algo que se aprende com ser justo é que ter a consciência tranquila é um bem inestimável! Mas efectivamente, nem todos temos a mesma noção de consciência ou preocupação com os outros... Só me questiono se quem não tem essa noção nunca deu por si a sentir dificuldades em dormir à noite, em encostar a cabeça na almofada e não conseguir "desviar" o pensamento. Porque me parece que este é o dano colateral a pagar por quem não se preocupa em ser injusto e no mal que faz aos outros...

 

Saudações Pensativas

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 22:26



"What they did to me... What I am... Can't be undone!"


calendário

Novembro 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930