Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Excelsior

por TM, em 29.01.13

Foi a grande surpresa cinematográfica dos últimos tempos e provavelmente (e posso estar a ser injusto ou exagerado...) o melhor filme que vi desde o "The Dark Knight"! Pelo menos aquele que me conseguiu despertar maior atenção pela complexidade das personagens e por tentar visioná-los na vida real, fora do grande ecrã.

Apesar de este ano concorrer com alguns pesos pesados, principalmente pelo impacto mediático, penso que este "Silver Linings Playbook"é um sério candidato a filme do ano, assim como o actor Bradley Cooper, um muito forte competidor na categoria de melhor actor principal. É uma das grandes descobertas deste filme, ver Cooper fora do seu registo normal, quase sempre em torno da comédia. E penso que se saiu muito bem, quiçá lançando a sua carreira para horizontes que não seriam imagináveis antes de encarnar esta personagem.

O filme narra-nos a história de um marido em recuperação depois de traído pela mulher. Internado e com o casamento preso por um fio, Pat tenta recuperar uma vida normal, o que não lhe é facilitado por ser bipolar e ter constantes alterações de humor. Saído de uma clínica de reabilitação, a história baseia-se na sua integração na sociedade, no seio de uma família "sui generis" e na tentativa de recuperar o seu casamento. Até que conhece uma mulher com alguns problemas psicológicos (tal como ele, ainda que diferentes) e que vai mudar a sua vida para sempre e para melhor!

A película mistura o tom sério com alguns momentos cómicos, sem nunca se desligar do que são alguns problemas reais da nossa sociedade e da dificuldade que temos em enfrentá-los e ultrapassá-los. Tem uma forte mensagem de esperança e optimismo, algo louvável nos tempos que correm.

É um facto que não será um filme extraordinário, como provavelmente o "The Dark Knight" nunca será o melhor filme de sempre (apesar de num nível muito superior a este "Silver Linings Playbook"), mas tanto um como outro fizeram imenso sentido naquilo que é a minha vida, a minha experiência e a minha visão do mundo e das pessoas que o habitam. Só por isso valeu a pena e recomendo que o vejam!

 

PS: Vi também um outro filme, espanhol, chamado "Cela 211" e que me tinha sido recomendado à algum tempo. É uma espécie de "Carandiru" de "nuestros hermanos", que não sendo um mau filme não me parece que deva ser uma prioridade. Não se perde nada em ver, mais não seja pela boa prestação de alguns actores e a ideia não sendo original é interessante.

 

Saudações Cinematográficas

Autoria e outros dados (tags, etc)

Publicado às 14:31



"What they did to me... What I am... Can't be undone!"


calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031